03/08/2009

E se Jesus voltasse agora, você estaria preparado?

Esta pergunta tem me levado a uma constante vigilância e a uma continua luta pela santidade. A cada instante o Espírito Santo me desperta para essa realidade que está fundamentada na Bíblia e que desafia a nossa fé. A Segunda volta de Jesus não é coisa da nossa cabeça, não é fruto da nossa imaginação, não é papo de evangélico como muitos dizem por aí, muito menos alienação. A Segunda volta de Jesus é a mais pura e alegre expectativa da Igreja, a cada missa que é celebrada, nós clamamos “Maranathá” que quer dizer: “Vem Senhor Jesus”!
A Igreja como uma esposa anseia a cada dia pela volta do esposo! Quando Jesus voltar Ele quer nos encontrar em santidade. Quando digo isto não estou dizendo que você já estará santo quando ele voltar! Se já estiver, bendito seja Deus! O termo em santidade que uso aqui, pode ser traduzido por luta, por esforço, por empenho, radicalidade e acima de tudo abertura ao Espírito Santo, que é o santificador.
Antigamente quando a monarquia era o forte mundial usava-se muito a palavra “Parusia” Este era um nome bem usado por ocasião da visita de algum rei. Era uma parusia, era uma visita muito especial, extraordinária! Afinal de contas, não era qualquer um que estava chegando, era um rei, e isto merecia uma grande preparação para tão sublime acontecimento.
Nós também vivemos na expectativa da parusia do Rei Jesus, que virá com poder e glória para implantar o seu reino de justiça e paz. Como você tem se preparado para este dia? Uma coisa é certa já nos diz o Catecismo da Igreja Católica: “Só um coração puro pode dizer venha a nós o vosso Reino” (CIC 2519) Purificar o coração! Este deve ser a cada instante o nosso empenho, pois purificando o nosso coração estaremos prontos para ver Jesus. “Felizes os puros de coração porque verão a Deus” (MT 5,8)
Precisamos estar vigilantes! Lembra da parábola das virgens? (MT 25,1-13) Acho que vale a pena você retomar está parábola para perceber em qual categoria das virgens você se enquadra hoje. Será que você se enquadra na categoria das virgens prudentes ou imprudentes? Tire você mesmo as suas conclusões, se você se enxerga como aquela virgem prudente, parabéns a você, continue assim na fidelidade, com a lâmpada da esperança acesa. Se você ao contrário se vê hoje como aquela virgem imprudente, acomodada deixando a vida passar confiando no azeite dos outros, eu preciso dizer para você é hora de reagir, e a hora é agora neste momento, na situação que você está vivendo se ponha de pé, se coloque em vigilância e cuide o mais rápido possível de encher a sua lâmpada com o óleo do Espírito santo de Deus.
O mundo de hoje clama em silêncio por este dia! A criação e as criaturas anseiam por esta manifestação gloriosa do filho de Deus. Esta expectativa não estaciona nossa missão diz o Catecismo da Igreja Católica, mas a torna mais urgente: “Mas este desejo não desvia a Igreja de sua missão neste mundo, antes a empenha ainda mais nesta missão. Pois a partir de Pentecostes a vinda do Reino é obra do Espírito do Senhor para santificar todas as coisas, levando a plenitude a sua obra” (CIC 2818)
Precisamos de todas as formas expandir a partir de nós este “Maranathá”. Precisamos formar a Rede Maranathá, a Rede Vem Senhor Jesus! Essa rede precisa crescer, ela precisa chegar aos quatro cantos da terra, pois a sua missão será apressar a vinda do Senhor. Você topa fazer parte dela? Você deve estar se perguntando como? E simples! Durante o seu dia vá pedindo “Vem Senhor Jesus”!
Escreva está frase e cole nos cômodos da sua casa, no seu carro no seu ambiente de trabalho, é uma boa opção pois vai nos ajudar sempre a lembrar. E sempre que você tiver a oportunidade divulgue para as pessoas, está divulgação pode ser verbal, como também pode ser de uma forma criativa e dinâmica. Deixe que o Espírito Santo te expire e te conduza. Lembre: “Você não vai estar sozinho (a)!” Muitas pessoas estarão unidas a você motivadas pelo mesmo objetivo: “Maranathá” Vem Senhor Jesus!
Que Deus abençoe você.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget